Logo Guia JeansWear

Selecione seu idioma

Notícias

26/01/16 00:00

DENIM

A descendência histórica que nasceu da navegação

A descendência histórica que nasceu da navegaçãoA necessidade de igualar pessoas, a exigência de resistir ao tempo e à condições extremas, e a conveniência de uma construção fundamentalmente utilitária. É precisamente nas respostas destas questões que encontramos a mais inquestionável descendência da história da criação da calça jeans.

Na época de 1.500, tal público consistia nos marinheiros de Gênova. O algodão trançado e o corte ligeiramente boca de sino caracterizava suas calças, em um estilo feito para navegar por mares e atravessar o mundo. Pode-se dizer que daí descende grande parte do eterno affair do segmento jeanswear com o estilo navy, seu jeito fresco oportuno para dialogar com a maresia, e sua vocação global. A expressão blue jeans, no entanto, tem sotaque francês: descende da frase “bleu de jenes”, que significa o azul de Gênova, já que o tecido na época era fabricado na pequena cidade francesa de Nimes. Em 1792, finalmente chegamos à versão mais atual do seu nome, quando o algodão trançado tingido de azul começou a ser produzido nos Estados Unidos e se popularizou, ganhando a conversão do apelido para seu nome atual: denim (de nimes).

Assim o tecido que viria a fabricar o mais democrático ítem do vestuário, ganhou uma nomenclatura caracterizada pelo elegante ritmo do sotaque francês, combinado à dicção ágil da pronúncia americana. E desta forma completamente displicente, foi criado também parte do seu marketing eficaz. O denim então, estava devidamente preparado para a fama que estaria por vir, com um bom nome comercial: sonoro, curto, dotado de real significado, e de certo modo, global.

Após adquirir a herança de viajante cosmopolita, repleta de vínculos com o ambiente do mar e da navegação, foi a vez do denim incorporar um dos seus mais democráticos e fortes discursos de estilo, inspirado no trabalho árduo do garimpo, e nas condições extremas a que seus trabalhadores eram submetidos. Assim, por volta de 1871, nascia o vínculo do tecido com o estilo worker, caracterizado pelos bolsos bem posicionados e dotados de incontestável funcionalidade. Graças ao traquejo de Levis Strauss, empresário alemão que ao não encontrar lugar no mercado para seus tecidos na Califórnia, solucionou seu dilema criando novas demandas para o mesmo, através da produção experimental de uma pequena tiragem de calças resistentes para os mineradores. A adesão foi imediata, e a resposta, a mais favorável: a ampliação da aplicação do tecido. Ao final de 1.800, as calças confeccionadas em denim eram vestimentas típicas dos trabalhadores do sexo masculino, e estavam absolutamente em evidência - popularmente conhecidas por overalls ou waistoveralls.

Neste capítulo histórico o jeans já acumulava uma série de referências atemporais: a associação do seu visual com a capacidade de igualar - proveniente das inspirações baseadas nos uniformes; o acréscimo do senso de praticidade, devido à inegável coerência do desenho do estilo worker com seu propósito funcional; e a sua boa fama relacionada à durabilidade extrema. O início da utilização do denim nas roupas de trabalho, deixou registrada uma valiosa lição de traquejo para o fashion business: o lançamento de um produto de vestuário, criado a partir de uma necessidade real de mercado; em caminhos livres de concorrência; já que até então não existiam roupas resistentes ao ponto de enfrentar a dura rotina da corrida pelo ouro.



Define-se um público, observa-se seu lifestyle, lança-se um produto que atende suas necessidades, vende-se este produto de forma extraordinária. Acabou? De forma alguma: em se tratando de um ítem do vestuário, é preciso testá-lo, acompanhar seu desempenho, identificar e corrigir falhas para garantir o diferencial da qualidade. E foi esta a lição deixada pelo alfaiate Jacob Davis, na época cliente de Levis Strauss. Procurado pela esposa de um minerador para desenvolver calças com bolsos mais resistentes ao peso das pepitas de ouro, Jacob teve a idéia de acrescentar tachinhas de cobre nos pontos críticos que rasgavam com maior facilidade. Estava criado o visual do jeans da maneira como o conhecemos. Foi um grande hit, mas para levar adiante sua idéia Jacob precisava de um investidor. Foi então que o alfaiate escreveu ao empresário alemão Levis Strauss propondo que ambos realizassem juntos, a patente. Strauss, imediatamente reconheceu o potencial do novo produto e aceitou a proposta. Novamente a história do jeans revela condutas à frente do seu tempo, pois mesmo em sua trajetória inicial, conceitos como colaboração e parceria já estão presentes.

Em 1860 a resistência dos botões de metal foram acrescentadas à peça. Já o reconhecimento da patente para as tachinhas de cobre, que deram origem a todo o sortimento de banhos e formas para o aviamento que nós conhecemos como rebite, se deu precisamente no dia 20 de maio de 1873, data considerada o aniversário do jeans em seu visual mais icônico: 5 bolsos, sendo dois frontais em estilo americano, dois traseiros, e um porta-níquel desenhado para guardar as pepitas da fortuna. Sua durabilidade é tamanha, que ainda existem exemplares da época: o jeans mais antigo que ainda sobrevive até o período atual, data nada mais nada menos do que o ano de 1879. Porém o real legado da criação da calça jeans não está apenas na sua inigualável resistência, mas também no seu estilo, marcado pela funcionalidade e utilitarismo em todo o giro do cós.

Então aqui temos mais um ensinamento valoroso não apenas para a indústria da moda, mas para qualquer segmento: a atenção para o elemento qualidade, o relacionamento com o cliente final, e o acompanhamento de um produto para além do seu processo da venda. Novamente temos a presença da ergonomia, impulsionando um detalhe funcional que extrapola suas tarefas triviais, e invade o campo do estilo. E na semana que vem, vamos falar sobre como se deu a intromissão do jeans - e seu dna tão "proletário" - no universo desejo da moda. Até lá!

Fonte | Assinatura: VIVIAN DAVID | ILUSTRAÇÕES 1, 4 E 7:VIVIAN DAVID / DEMAIS IMAGENS: ARQUIVOS LEVIS E REPRODUÇÃO

Fotos

Versão para Impressão
Enviar para um amigo
FaceBook
Twitter
 
Notícias relacionadas
    Versão para Impressão
    Enviar para um amigo

    OK
    Notícias Mais Recentes

    Publicidade





    Guia JeansWear Copyright 2005 - 2014. Todos os direitos reservados.